26 de ago de 2011

Maiores Marcas na Internet

Coca-Cola e Google são as marcas mais presentes na internet:
Conhecimento das ferramentas disponíveis e foco na interatividade são principais fatores de sucesso das empresas na rede mundial de computadores.

A Exame publicou na última segunda-feira (22 de agosto) uma pesquisa realizada pela E-Consulting que mostra o ranking das marcas com maior presença entre os brasileiros na internet. Entre as empresas que figuram no topo estão a Apple, Coca-Cola, Google, Fiat e Natura.

O Ranking de Presença Online, realizado em parceira com a TechLab, mapeou a atuação de 121 companhias em serviços como Google, Twitter, Facebook, Orkut, LinkedIN, Reclame Aqui e YouTube. Outros nomes que se destacam na lista são Ford, Microsoft, IBM, Nokia, TV Record, Volkswagen, Tam, Toyota e Petrobras.

O ponto em comum entre as empresas é a interatividade com os clientes e o bom aproveitamento dos canais sociais para promover seus produtos. Segundo Daniel Domenegheti, coordenador do estudo, as empresas que lideram a lista possuem serviços considerados atrativos, incluindo nomes que já possuem uma comunidade acostumada a interagir entre si.

Foco na Interatividade

O estudo deu prioridade a interações entre usuários em redes abertas e não proprietárias. Os resultados destacam companhias que foram capazes de montar equipes e infraestruturas que atuam de forma competente na rede mundial de computadores, incluindo a escolha dos canais mais apropriados de comunicação.

Entre os pontos destacados pela empresa está a necessidade de as marcas definirem bem qual o público alvo que desejam alcançar. Além disso, é preciso estar ciente de que, estando presente na internet ou não, os consumidores vão falar sobre a marca, o que exige preparação para responder da maneira mais adequada possível.

Domenegheti afirma que “as companhias devem acessar os consumidores pelo melhor canal, com a melhor mensagem e no melhor momento”. Situação para a qual muitas companhias ainda parecem estar despreparadas, seja pela falta de recursos ou devido a funcionários sem o conhecimento necessário para lidar com respostas negativas a determinados produtos.

autor: Felipe Gugelmin

25 de ago de 2011

Recorde de Venda de PCs

Mercado brasileiro de PCs bate recorde de vendas no segundo trimestre de 2011, revela IDC:
Ao todo foram comercializados mais de 3,8 milhões de computadores, número que é 12,5% maior do que o apontado no mesmo período do ano passado.

Entre abril e junho deste ano, o Brasil vendeu 95 mil computadores a mais que o Japão e assumiu, com esse feito, a terceira posição no ranking mundial do mercado de PCs. Isso é o que revela o estudo Brazil Quarterly PC Tracker, realizado pela IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, consultoria e eventos para as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações.

No período, o Brasil vendeu 3,86 milhões de máquinas, um recorde de vendas que situa o País atrás apenas da China e dos Estados Unidos que, respectivamente, ocupam a primeira e segunda colocação no mercado global de PCs.

Do total de computadores comercializados, 48,5% foram desktops e 51,5% notebooks. Neste cenário, 69,5% foram destinados ao segmento doméstico, 25,8% ao corporativo e 4,7% a governo e educação. “Nunca se vendeu tanto computador em um único trimestre no Brasil”, afirma Martim Juacida, analista de mercado da IDC Brasil. “O resultado está diretamente ligado aos preços extremamente agressivos ofertados pela indústria. Com o dólar estável, os fabricantes têm conseguido manter seus preços em queda, gerando forte demanda, principalmente, no segmento doméstico”, detalha o analista.

O estudo revela que o notebook continua sendo a febre do mercado de PCs. “A mobilidade está no centro das atenções dos consumidores. A condição da economia no País somada ao fato de a classe média continuar com acesso a crédito fazem com que o segmento aponte para números maiores a cada fechamento desse estudo”, explica Juacida. Somente em notebooks, “se compararmos o segundo trimestre deste ano com o primeiro, chegamos a uma performance de vendas 10,5% superior”, calcula. “Já na comparação com o mesmo período de 2010, o desempenho das vendas chega a ser 27% maior”, completa Juacida.

O bom momento econômico também favorece as vendas de PCs destinadas ao segmento corporativo. “As empresas têm aproveitado o cenário de estabilidade para renovar seus parques de PCs neste primeiro semestre do ano. A expectativa é a mesma para os seis últimos de 2011”.

O recorde anterior de venda de computadores no Brasil foi registrado no primeiro trimestre deste ano, quando o País comercializou mais de 3,6 milhões de computadores, sedo 50,5% notebooks e 49,5% desktops.

fonte: Assessoria de Imprensa

22 de ago de 2011

HP Corta Preços

HP diminui preço do TouchPad para US$ 99

Depois de anunciar na última quinta-feira (18) o fim da produção de tablets e smartphones, a HP resolveu reduzir o preço de seu recém-lançado tablet, o TouchPad.

Lojas nos Estados Unidos iniciaram liquidações que derrubam o custo do aparelho para menos de US$ 100, 400 dólares a menos do que no lançamento do produto, quando estava cotado a partir de US$ 499.

Com a promoção, o equipamento passa a custar US$ 99 no modelo de 16 GB e US$ 150 para o de 32. Contudo, muitas revendas já estão com o tablet esgotado.

O aparelho chegou ao mercado há mais de um mês com o objetivo de ser um rival para o iPad. Contudo, foi criticado pelo seu desempenho e precariedade em aplicativos, o que fez com que a HP cortasse o preço em US$ 50 dólares, e logo em seguida, em mais 100. Como as vendas continuaram fracas e lojas começaram a pedir pela devolução dos estoques, a empresa achou melhor abandonar o mercado.

fonte: click21

Agora né?... Se tivessem preços mais competitivos talvez não chegasse ao ponto de parar a produção.

19 de ago de 2011

Sucesso do Google+

Google+ é um dos 50 melhores sites de 2011:
Ranking da revista Time, que não tem ordem definida, reúne destaques do ano em várias áreas.
O Google+ pode não ter conquistado a simpatia de todos os usuários, mas sua existência já é reconhecida por alguns veículos especializados. Em seu ranking, que reúne os melhores sites de cada ano, a revista Time colocou a rede social da empresa, que só tem dois meses de existência, entre as 50 páginas que mais merecem destaque nos últimos meses.

A lista foi divulgada sem ordem de preferência do site e lista páginas que “fazem a rede mais útil, atrativa e indispensável”. A única organização é por categoria, como músicas, notícias, entretenimento, jogos e mídias sociais, na qual o Google+ está incluso.

Segundo os redatores da publicação, a crença é de que a empresa não sabia como fazer uma rede social, mas obteve sucesso com o novo serviço. Além disso, o crescimento em número de usuários foi comparado com o do seu grande rival, o Facebook.

autor: Nilton Kleina

16 de ago de 2011

Motorola É do Google

Google anuncia compra da Motorola por US$ 12,5 bilhões:

O Google anunciou nesta segunda-feira (15) que vai comprar a Motorola Mobility por cerca de US$ 12,5 bilhões. A aquisição deve ser concluída até o início de 2012.

O anúncio foi feito no blog oficial do Google pelo CEO da empresa, Larry Page. A compra foi motivada pelo sucesso do Android, que se tornou o sistema operacional único dos smartphones fabricados pela Motorola. "Dado o sucesso fenomenal do Android, estamos sempre procurando novas maneiras de investir na plataforma. É por isso que estou tão animado em anunciar que concordamos em adquirir a Motorola", contou Page no blog do Google.

A Motorola foi desmembrada em duas empresas no início do ano. A Motorola Mobility desenvolve e fabrica celulares, enquanto a Motorola Solutions é responsável pelas tecnologias para clientes corporativos e governos. Com a aquisição, o Google poderá se firmar no mercado de telefones móveis, além de aperfeiçoar o Android.

Segundo o Google, mais de 150 milhões de celulares operam com o Android em 123 países, mas a compra fará estes números crescerem.

fonte: click21

Mais uma empresa no bolso do Goooooloso. Agora no mundo real.

14 de ago de 2011

Imagens Direto no Twitter

Twitter agora permite realizar o upload de imagens:
Novidade foi habilitada para todos os usuários do microblog a partir da última terça-feira, 9 de agosto.
O Twitter estreou na última terça-feira (9 de agosto) um recurso que permite realizar o upload de imagens através do próprio sistema de microblog. Dessa forma, os usuários não precisam mais recorrer a serviços terceirizados para compartilhar fotografias e desenhos entre seus seguidores.

Ao abrir a interface para internet do serviço, surge o aviso de que a novidade foi habilitada. O upload de imagens é feito através de um pequeno ícone no formato de câmera, localizado logo abaixo da caixa em que as mensagens devem ser digitadas. O sistema suporta arquivos com tamanho de até 3 MB, ajustando automaticamente dimensões para ficarem compatíveis com a timeline.

O recurso funciona de forma semelhante a qualquer sistema de upload, exigindo que o usuário localize a imagem dentro de seu computador para enviá-la. Antes de a mensagem ser publicada, surge uma pequena imagem que permite confirmar se o arquivo desejado está correto. Caso haja algum problema, basta clicar no botão em forma de “x” e reiniciar o processo.

autor: Felipe Gugelmin

Poxa, que maravilha hein... É um grande passo pra humanidade.

9 de ago de 2011

Menos Impostos Para Telecomunicações

Governo pretende reduzir impostos de equipamentos usados por serviços de telefonia e internet:
Plano anunciado pelo Ministro das Comunicações quer promover maior oferta no mercado, melhorando a infraestrutura do setor e a qualidade dos serviços e baixando os preços cobrados pelas empesas.

De acordo com a Agência Estado, o Ministério das Comunicações revelou que anunciará, nos próximos dias, um plano que pretende reduzir impostos com a intenção de incentivar o desenvolvimento e a modernização do setor de comunicação no país.

Segundo o informativo, esse plano prevê a redução das taxações PIS e Cofins para equipamentos utilizados nesse setor, como modens e roteadores. Os dispositivos produzidos no Brasil devem ter incentivos fiscais ainda mais atraentes.

Com isso, o governo espera aumentar a oferta dos serviços de telefonia e acesso à internet, fato que tende a melhorar a qualidade e baixar os preços desses recursos de comunicação. "Aqui nós temos uma internet que ainda é efetivamente escassa e, na minha opinião, deixa a desejar em termos de qualidade", explicitou Paulo Bernardo, o ministro das Comunicações.

Bernardo ainda comentou o grande potencial de vendas de eletrônicos relacionados com as redes de comunicação, como tablets e netbooks. "Diferente do que acontece nas economias dos Estados Unidos e da Europa, o Brasil tem um mercado com potencial muito grande", disse o ministro.

Para viabilizar o aumento do suporte para a quantidade de usuários que está aderindo a esse tipo de tecnologia, ele informou que a tributação para a construção de redes terá um regime diferenciado – o qual ainda não foi revelado.

autor: Fernando Daquino

Até o atual momento o Paulo Bernardo tem sido muito eficiente nas promessas. Vamos ver quando o discurso terá ação prática.

Super Bateria

Sony revela bateria com 10 anos de vida útil:
A bateria de ion-lítio pesa 90 kg, custa cerca de R$ 40 mil e está sendo vendida apenas no Japão.
A Sony, por intermédio de sua filial japonesa, anunciou uma bateria de ion-lítio que tem uma vida útil de, pelo menos, dez anos. Segundo a empresa, a ESSP-2000 foi desenvolvida para ser utilizada em grandes servidores ou centros de processamento de dados.

De acordo com a multinacional, essa bateria é capaz de ser carregada em 95% em poucas horas. Apesar de ser um dispositivo com grande potencial, seu tamanho e preço ainda são encarados com certa desconfiança pelo mercado.

A ESSP-2000 pesa 90 kg e custa 2 milhões de ienes – equivalente a, aproximadamente, R$ 40 mil. O novo produto da Sony está sendo comercializado apenas no Japão. Ainda não foi divulgada a previsão para que a bateria ganhe o mundo.

autor: Fernando Daquino

Esse valor é absurdo. Mesmo pra datacenters. Precisaria ficar em 25% disso pra ter viabilidade econômica.

1 de ago de 2011

Novo Padrão Wi-Fi

Novo padrão Wi-Fi alcança até 100 km com velocidade de 22 Mbps:
Segundo o IEEE, novidade deve ser especialmente útil em países em desenvolvimento e áreas com baixa densidade demográfica.

O IEEE (Instituto de Engenheiro Eletricistas e Eletrônicos) anunciou na última sexta-feira (29 de julho) as especificações sobre o padrão 802.22 para conexões Wi-Fi. A nova rede wireless promete velocidades de transferência de até 22 Mbps, enviando sinais para uma distância máxima de até 100 quilômetros.

Para tornar isso possível, o novo padrão se aproveita das bandas utilizadas para envio de sinais de televisão VHF e UHF. Os sinais chegarão através dos chamados “espaços brancos”, espaços de frequência não licenciados que ficam em faixas intermediárias àquelas responsáveis pela transmissão de imagens televisivas.

Segundo o IEEE, a nova tecnologia será especialmente em áreas com baixa densidade populacional e em países em desenvolvimento. Outros locais que devem se aproveitar da tecnologia são aqueles que possuem poucas emissoras ocupando as frequências de transmissão disponíveis.

Ainda não há informações a respeito de quando a novidade, que já está sendo chamada de “Super Wi-Fi”, entrará em operação, nem quais serão as primeiras regiões dos Estados Unidos a testá-la. Atualmente, Houston é o único ponto de acesso Wi-Fi que trabalha com as frequências dos espaços brancos.

autor: Felipe Gugelmin