29 de mar de 2011

Amazon Cloud Drive

Amazon cria armazenamento online gratuito:
O site Amazon acaba de lançar um serviço mundial de armazenamento online, o Amazon Cloud Drive.

O recurso permite fazer o upload gratuito de arquivos de até 5 GB. Esse limite pode ser ampliado a 20 GB na compra de um álbum MP3 na loja da Amazon. Segundo o jornal espanhol "El País", se o usuário desejar uma capacidade maior de armazenamento, há tarifas a partir de US$ 20 por ano, que podem chegar até US$ 1 mil por mil GB, espaço que pode guardar 200 mil canções, 400 mil fotos ou 70 horas de vídeo.

Os arquivos de músicas que forem depositados no Amazon Cloud Drive poderão ser ouvidos tanto no computador como em um dispositivo móvel que possua sistema operacional Android. Já os documentos de texto e vídeo se limitam a reprodução no navegador de um computador.

A Amazon já possuia um sistema de armazenamento online com o Kindle, mantendo uma cópia dos livros digitais adquiridos por seus clientes no site.

fonte: click21

Conheço dezenas de serviços de porta arquivos nas nuvens. Não vi nenhum diferencial no serviço do Amazon. É apenas mais um!

25 de mar de 2011

Firefox 4 Detonando

Mozilla disponibiliza dados curiosos sobre o Firefox 4:
Nova versão do navegador foi lançada nesta terça-feira (22/3) e já foi baixada por mais de 25 milhões de pessoas.
A Mozilla lançou nesta terça-feira a nova versão do seu navegador Firefox, que hoje é o segundo mais utilizado por usuários da intenet. Para comemorar o sucesso do lançamento, a companhia produziu o infográfico abaixo com informações sobre as primeiras 48 horas do Firefox na Internet.

Nos dois primeiros dias, o browser foi baixado mais de 15 milhões de vezes, o que equivale a toda a população da internet em 1995. Se cada download fosse uma milha, a distância seria suficiente para fazer 33 viagens de ida e volta da Terra até a Lua.

Os dados curiosos continuam: foram feitos cerca de 5 mil downloads por minuto, com picos de até 10 mil downloads. Foram 193 milhões de megabytes baixados, com a Europa liderando o número de downloads por continente e os Estados Unidos o país com mais downloads.

Clique no infográfico abaixo para ver mais detalhes:


clique para ampliar

fonte: olhar digital

23 de mar de 2011

Opera nos Celulares

Opera lança navegadores para celulares e tablets:

A Opera Software anunciou na terça feira (22) que irá lançar novas versões para os navegadores Opera: o Opera Mini 6, voltado para celulares mais simples, e Opera Mobile 11, para smartphones e tablets.

O Opera Mini, voltado a aparelhos básicos que utilizam o Java, oferece um recurso que compacta dados nos servidores da Opera e torna a navegação mais leve, gastando menos dados do plano do consumidor. Além disso, o Mini possui uma nova interface e recursos de compartilhamento com Facebook e Twitter.

Já o Opera Mobile, disponível para aparelhos que utilizam sistemas operacionais como Symbian e Android, apresenta um desempenho melhor que o navegador nativo. O destaque da nova versão é a compatibilidade com tablets Android 3.0, que já começaram a chegar no mercado.

O download do Opera Mini e do Opera Mobile pode ser feito direto do celular, no endereço www.m.opera.com.

fonte: click21

O Opera é bom. Recomendo.

18 de mar de 2011

Evolução do Preço de PCs

O preço da informática: o computador já custou mais que um carro:
Confira como a evolução da informática colaborou para que os preços pudessem chegar aos níveis populares de hoje.
Quando chegamos a algum mercado ou loja especializada em computadores e nos deparamos com valores inferiores aos R$ 2 mil, fica difícil acreditar que cerca de 15 anos antes era impossível comprar uma máquina com configurações aceitáveis por menos do dobro deste valor.

Para sermos mais exatos, os R$ 4 mil de 1996 equivalem a R$ 12.691 de hoje, conforme atualização monetária com base na taxa inflacionária (índice INPC). Ou seja, a redução no valor não foi de apenas 50%, mas de 85%. Mas por que será que os computadores custavam tanto se não possuíam a mesma potência de hoje?

A onda dos valores
A tecnologia trabalha em ciclos muito bem definidos. Aparelhos que custam muito têm seus valores reduzidos gradativamente até que cheguem aos preços mais populares, então surgem novas tecnologias, fazendo com que a curva dos preços volte a subir e o ciclo se repita. Isso pode ser percebido com televisores e suas diferentes tecnologias: CRT, LCD, Plasma, LED e os novos modelos 3D que ainda estão com preços altíssimos.

Em se tratando de informática, não é diferente. Os componentes de hardware sempre são lançados com valores altos que, com o passar do tempo, são reduzidos. Um dos fatores que mais contribui para a redução nos preços é a evolução tecnológica, pois quando são lançados novos produtos, é necessário reduzir os valores dos mais antigos para que eles não fiquem presos nas fábricas.

Fazendo uma análise bastante rústica, pode-se pensar da seguinte forma: o que aconteceria com os novos eletrônicos, se os antigos não tivessem seus preços reduzidos? Seria necessário vender cada geração com preços mais elevados, resultando em valores astronômicos para peças simples dos computadores.

autor: Renan Hamann

Isso é mais velho que andar pra frente. Todo produto, na época do lançamento, está com o preço nas alturas. E as empresas se aproveitam do consumismo de alguns pra cobrar o quanto desejam e lucrar muito. Passam alguns meses e o preço começa a declinar. Até chegar a um patamar razoável para o consumidor normal.

17 de mar de 2011

Youtube Melhora Imagens

Google quer melhorar nitidez de vídeos do YouTube:
Uma empresa chamada 'Green Parrot Pictures' fez um software para melhorar as imagens do YouTube, reduzindo a vibração da câmara, reduzindo a granulação e aumentando a nitidez, entre outras melhorias.

"Pegue, por exemplo, vídeos dos recentes protestos na Líbia", disse Jeremy Doig, diretor de tecnologia do Google Vídeo, em post no blog, na noite passada.

"Embora emocionalmente cativante, eles [vídeos] podem ser bruscos, borrados ou instáveis. Se houvesse uma tecnologia que pudesse melhorar a qualidade de tais vídeos - nitidez da imagem, reduzindo o ruído visual e uma maior qualidade de vídeo, mais constante - tudo isso enquanto o seu vídeo é simplesmente enviado para o site? "

O anúncio diz que o 'Green Parrot Fotos' poderia fazer "exatamente isso".

A pequena empresa foi fundada em 2004, dentro da universidade Trinity College, em Dublin, na Irlanda. Seu CEO, o professsor Anil Kokaram, ainda trabalha na universidade.

Ele vem pesquisando tecnologias de processamento de vídeo há 20 anos e seu trabalho tem sido utilizado em sucessos de Hollywood, incluindo a trilogia 'O Senhor dos Anéis', 'Spider-Man' and 'Casino Royale'.

A tecnologia da 'Green Parrot Pictures' vai agora ser integrada no processo de upload do YouTube e aplicada a todo o material fotografado em menor qualidade e em baixa resolução, imagens típicas de câmeras de celulares.

A empresa disse em comunicado em seu site: "Como o número de criadores de vídeos em todo o mundo tem aumentado, a procura de nossa tecnologia tem crescido em várias plataformas.

"Estamos animados para nos juntarmos ao Google, onde iremos aplicar os nossos conhecimentos para melhorar a experiência de vídeo online para centenas de milhões de usuários no mundo inteiro."

Os termos financeiros do acordo ainda não foram divulgados.

As informações são do jornal Daily Telegraph.

fonte: click21

13 de mar de 2011

Hanson Robokind Robôs Quase Humanos

Hanson Robokind: os robôs quase humanos:
Com expressões e movimentos corporais, os pequenos robôs apresentam quatro faces diferentes para os consumidores.
Robôs com movimentos corporais e faciais e quatro opções diferentes para as cabeças já podem ser encontrados no mercado norte-americano. Estes são os robôs Hanson Robokind, criados por David Hanson em um projeto que está atraindo universitários de todas as partes do mundo até os laboratórios da Hanson Robotics.

Há quatro faces diferentes, sendo que três delas possuem expressões em tempo real (capturadas por câmeras de alta definição, ligadas ao software de controle dos seres mecatrônicos). Estas faces são Zeno (o garoto de cabelos espetados), Alice (a garota de cabelos azuis) e Einstein (o cientista mundialmente conhecido). Também há Geo, a versão de face estática dos robôs.

David Hanson afirma que está animado com as possibilidades do projeto. Ele afirma que os Hanson Robokind devem ganhar bastante espaço no mercado, por apresentarem várias versões com diferentes preços, adequando-se melhor a determinados nichos de consumidores.

A versão mais completa, que possui faces expressivas e corpo móvel, custa 14.750 dólares. Com face expressiva e corpo estático e gestual, o valor cai para 10,5 mil dólares. Corpo expressivo e face estática geram o valor de 11,5 mil dólares. Por fim, a versão com face expressiva e corpo estático chega ao consumidor por 8,5 mil dólares.

Junto com cada Robokind, a Hanson Robotics envia um pacote com o software de controle dos robôs, que é criado com código aberto. Desta maneira, todos os proprietários dos robozinhos podem alterar os códigos de programação para adicionar novas funcionalidades aos dispositivos mecatrônicos.

Vejam o vídeo dos robôs:


autor: Renan Hamann

10 de mar de 2011

EA Investe em Usuários do Facebook

EA acredita que jogos de Facebook são o futuro:
O presidente da produtora afirma que, atualmente, a questão não é a alta resolução, mas sim atingir maior número de jogadores.

A produtora Electronic Arts, conhecida pelo lançamento de grandes títulos, como The Sims e Medal of Honor, está buscando novos planos para agir no mercado de jogos eletrônicos para PC.

Em entrevista ao site Gamasutra, Frank Gibeau, presidente da EA Games, disse que a empresa voltará ao topo fazendo jogos sociais para Facebook, já que a base de usuários, além de gigantesca, parece ser bastante rentável.

O presidente ainda afirmou que a questão atual não é resolução e qualidade gráfica, mas sim entrar no mercado de jogos freemium (softwares gratuitos com recursos adicionais pagos) para atingir mais pessoas, fator que não está presente em consoles como o Xbox 360 e PlayStation 3.

Para Gibeau, o PC é a melhor plataforma de investimento e, sendo assim, em segundo plano, a empresa também produzirá novos MMORPGs (RPGs online) para saciar a vontade de quem não utiliza redes sociais para jogar videogame.

A EA Games já chegou a fechar um acordo com o Facebook em novembro do ano passado, a fim de competir com a Zynga, líder de jogos sociais, estes consumidos por mais de 200 milhões de usuários do Facebook.

fonte: olhar digital

A empresa tem razão ao buscar os usuários do Facebook. O perigo é ficar dependente da outra empresa. Se o Facebook afundar...

Wi-Fi Mais Lenta Que Fixa

Redes Wi-Fi são, em média, 30% mais lentas do que conexão fixa, aponta estudo:
Estudo promovido pela Epitiro aponta que a diferença pode ser sentida por usuários de serviços VoIP, como o Skype, e TVs online.
Um estudo publicado nesta quinta-feira (10/3) pela Epitiro aponta que as redes Wi-Fi são, em média, 30% mais lentas do que a conexão original, ou seja, o ponto fixo. A empresa conduziu a pesquisa no Reino Unido, Itália, Espanha e Estados Unidos, testando mais de 14 mil pontos Wi-Fi nestes paises.

Segundo a companhia, apesar da diferença de velocidade ser grande, muitos internautas não sentem diferença durante o uso do Wi-Fi. "A maioria de nós só envia e-mails e navega pela web, e para essas coisas não há muita diferença", afirmou Iain Wood, diretor de Marketing da Epitiro. Alguns usuários, inclusive, aceitam a redução de velocidade pela conveniência de ter uma conexão Wireless.

Apesar disso, as pessoas que costumam utilizar serviços de VoIP, como o programa de telefonia Skype, ou assistir a programas de TV online, podem sentir a diferença da velocidade.

fonte: olhar digital

Quem já usou Wi-Fi sabe que ela não é estável e varia muito. Talvez só com um novo formato de transmissão sem fio. Por enquanto a rede fixa é melhor.

9 de mar de 2011

Chega de Barras no Navegador

Removas as barras externas do seu navegador:
Você já deve ter instalado diversos programas com as mais diferentes funções em seu computador. Normalmente, o processo para que ele seja corretamente inserido na sua máquina exige que você concorde com a política do desenvolvedor, com a criação de atalhos na Área de trabalho e por aí vai.

Tudo isso é feito ao clicar em “Next” (ou “Avançar”, se estiver em português) diversas vezes, em um processo que se torna automático para o usuário, depois de repetido muitas vezes.

Mas algumas dessas instalações trazem um bônus: uma barrinha de ferramentas instalada no seu navegador. De aparência inocente, aos poucos elas mostram que não são apenas um adorno em seu computador, podendo causar alguns danos e preocupações.

O que são?

À primeira vista, as barras de ferramentas do navegador atuam como objetos que prestam auxílio ao usuário. Entre suas funções, normalmente estão um ranking que diz se o endereço em que você está é bastante visitado, um sistema de busca, um dicionário online, guia de compras, jogos em Flash, entre outros serviços que, sem dificuldade, podem ser acessados diretamente sem nenhum intermediário.
A origem delas é normalmente fruto da parceria entre desenvolvedores de software com empresas ou usuários que criam as toolbars. Em troca de um valor destinado à desenvolvedora para cada instalação, há o direito de incluir o produto juntamente com um aplicativo.

Ao todo, já foram descobertas várias dezenas de barrinhas diferentes, cada uma com um visual particular, mas um único propósito: irritar o usuário com publicidade e aplicativos danosos.

E o pior: isso não fica restrito apenas aos programas. Alguns avisos para instalar barras de ferramentas surgem ao acessar determinadas páginas na internet que estejam infectadas e, quando você menos espera, surge um desses itens preso na parte superior do seu navegador.

Removas as barras externas do seu navegador

Em alerta

Erra quem pensa que essas nada simpáticas barrinhas são totalmente inofensivas. De pequenas interferências na sua navegação até quebras na segurança da sua máquina, elas são capazes de causar dor de cabeça para quem não ficar atento.

O primeiro item não é um perigo, mas atrapalha o uso da internet. Por seu visual e espaço ocupado, essas barras de ferramentas causam poluição visual no seu navegador, tirando um pequeno espaço para visualização da página e inserindo o objeto que muitas vezes não é nem um pouco bonito.

E elas são espertas: a localização estratégica, logo abaixo da barra de endereços, é perfeita para ostentar o logotipo da empresa, além dos vários serviços ofertados.

O outro ponto merece atenção: elas podem conter códigos maliciosos que agem para quebrar a segurança do computador e infectar a máquina ou repassar informações.

Normalmente utilizadas apenas para monitorar tráfego e servir de publicidade para a empresa detentora da barra, elas podem direcioná-lo para páginas que causam danos ao seu computador ou abrigar spywares elas mesmas. É comum que você tenha seu endereço inicial modificado ou seja interrompido por diversos popups saltando na tela, resultando em uma navegação bastante lenta.

Duro de desinstalar

Baixou um aplicativo e ele já cumpriu seu objetivo? Experimentou um jogo, mas não curtiu seu estilo? Para retirá-los de vez, é só desinstalá-lo em poucos cliques. Mas eliminar uma barra de ferramentas do seu navegador é uma tarefa árdua. O serviço é um aplicativo teimoso, que não deixa sua máquina em paz pelos métodos convencionais, através do Menu Iniciar ou do Painel de Controle.

Você pode removê-las de duas maneiras: manualmente (pelo desinstalador do Windows) ou através de um software que servem especialmente para isso. Um bom programa para desinstalar essas barrinhas é o IoBit. Siga as instruções do site para instalar e usar o software.

(Baseado em artigo de Nilton Cesar Monastier Kleina)

A dica principal é a mesma de sempre. Preste atenção ANTES de instalar qualquer coisa no seu computador. A prevenção ainda é a melhor opção.

6 de mar de 2011

Menos Produtos Chineses

Governo quer frear a importação de produtos asiáticos:
Para enfrentar a importação de produtos asiáticos e dar competitividade à indústria brasileira, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) investirá R$ 4 bilhões em três linhas de financiamento na área de tecnologia. A medida foi anunciada nesta sexta (4) e faz parte do Programa de Sustentação do Investimento (PSI).

Prorrogado até o dia 31 de dezembro deste ano, o PSI tem orçamento de R$ 75 bilhões. Do total, R$ 2 bilhões são para a compra de partes, componentes e serviços tecnológicos, R$ 1 bilhão, para inovação tecnológica e R$ 1 bilhão, para aquisição de bens de tecnologia da informação (Tics) fabricados no país. Ao todo, o PIS oferece 11 linhas de financiamento.

Para as linhas de inovação e de Tics também foram anunciadas juros menores, que variam entre 4% e 5%, "O desenvolvimento passa pela inovação tecnológica. Por isso, o aumento de juros do PSI de forma geral preservou essas linhas", disse o superintendente de Planejamento do banco, o economista Cláudio Leal.

De acordo com ele, o desenvolvimento do setor ajudará a enfrentar o problema da importação crescente de componentes, que ameaça "seriamente a integridade do tecido industrial brasileiro". "Houve a importação recente de parte e peças de máquinas (componentes industriais), um fenômeno muito negativo para indústria hoje.".

Criado com uma das medidas para enfrentar a crise financeira internacional e manter o nível de investimento no país em 2009, o programa foi executado nos últimos dois anos. Por causa da sobra de dinheiro do PSI de 2010, o banco também anunciou hoje que agentes financeiro terão até a próxima sexta-feira para acessar R$ 1,1 bilhão.

Para racionalizar recursos, o BNDES anunciou alterações em políticas operacionais. A instituição vai diminuir a a participação máxima em financiamentos e em prazos de pagamento de empréstimos para capital de giro.

fonte: click21

Nossa, quanta inteligência. Levaram mais de 10 anos pra perceber que a indústria nacional está sendo sucateada??!!

4 de mar de 2011

Bing Passa Yahoo

Microsoft Bing é o 2º serviço de busca mais usado:
O Microsoft Bing se tornou o segundo serviço de busca mais utilizado em 2011, ao ultrapassar o Yahoo!. Apesar da conquista, dados levantados pela companhia StatCounter apontaram que a participação do Bing e Yahoo! são ínfimos se comparados ao líder do segmento, o Google. Enquanto que o serviço da Microsoft deteve 4,37% do mercado, o Yahoo! ficou com 3,93% e o Google “abocanhou” 89,94%.

Em se tratando de Estados Unidos, Google possui 79,63% do mercado, enquanto que o Yahoo! ficou com 9,74% e Bing com 9,03%.

Vale ressaltar que em julho de 2009 a Microsoft anunciou um acordo onde o Bing iria “alimentar” a tecnologia de busca do Yahoo! Em alguns países, tais como Austrália, Brasil, Canadá, EUA e México.

fonte: click21

Mas é isso mesmo, até pelos dados estatísticos que tenho. Sem falar que a busca do Yahoo, escondida no portal, não tem chance de reverter a situação. Estão totalmente errados.

1 de mar de 2011

Nintendo 3DS Desbloqueado

Recém-lançado, Nintendo 3DS já foi desbloqueado:

O lançamento do Nintendo 3DS, nesta segunda-feira, no Japão, foi um sucesso. As cerca de 400 mil unidades que foram para as lojas foram todas vendidas e o estoque ficou esgotado. Mesmo assim, a Nintendo tem motivos para se preocupar. Em menos de um dia, hackers já desbloquearam o console e conseguiram fazê-lo rodar jogos piratas do Nintendo DS.

A Nintendo já havia dito que o 3DS era o videogame mais seguro já feito pela empresa, mesmo assim, parece não ter criado dificuldades para os especialistas em hackear aparelhos. Vídeos do desbloqueio já estão no Youtube e mostram que, para isso, foi utilizado a entrada flashcard (R4), que é igual a presente no Nintendo DS. Assim, os hackers conseguiram fazer o console rodar jogos piratas do DS.

Ainda não há relatos de que os jogos exclusivos para o 3DS tenham sido pirateados, mas os especialistas acreditam que isso é só uma questão de tempo.

fonte: click21

Pra toda porta existe uma chave. E a chave que fecha é a mesma que abre. Era só questão de tempo. E nem precisaram de muito tempo.

Problema no Gmail

Cerca de 150 mil usuários do Gmail perdem e-mails:
Cerca de 150 mil contas do Gmail foram afetadas por um defeito durante o final de semana. Menos de 0,08% dos usuários do serviço de e-mail tiveram seus conteúdos, como mensagens, anexos e arquivos de conversas no Gtalk perdidos.

O Google percebeu o problema logo após os usuários começarem a encher os fóruns de suporte da empresa com reclamações de mensagens perdidas.

Quando os usuários afetados acessaram o Gmail no último domingo, eles se deparam com uma página que pedia para que a conta fosse redefinida, incluindo detalhes apresentados na tela de boas-vindas, feito apenas em caso de primeiro registro.

Os engenheiro do Google afirmaram que estão trabalhando para restaurar o acesso das contas. Os usuários prejudicados ficarão, temporariamente, impossibilitados de acessar a conta. Segundo a empresa, todos os esforços para a recuperação dos dados estão sendo feitos.

fonte: click 21

Outro problema!!! Se o Google pagasse 1,00 para cada usuário afetado por uma falha em algum de seus serviços... Correria o risco de falir!!