3 de nov de 2011

Tablets Falsificados

Tablets falsificados invadem as festas de fim de ano:
Para não chorar depois, é bom ficar esperto na hora de comprar seu iPad ou tablet com Android. Versões falsificadas invadiram o mercado e podem acabar com o seu Natal.

Em pesquisa divulgada pela empresa de proteção de marcas MarkMonitor, percebe-se que o mercado de tablets é um dos mais visados pela pirataria neste final de ano. De acordo com o relatório publicado recentemente, a companhia disse ter encontrado mais de 23 mil ofertas, em um único dia, de tablets falsificados ou que fazem uso indevido de marcas famosas.

Trinta e nove porcento desses tablets são considerados clones, isto é, produtos que não apresentam marcas ou logos, mas que se assemelham aos dispositivos oficiais lançados pela Apple ou Samsung, por exemplo. Além disso, nas mesmas 24 horas, a empresa também identificou mais de 8 mil vendedores não autorizados, sendo que 51% deles vendiam clones de tablets famosos.

Quanto à fabricação desses equipamentos, o relatório indica que eles são produzidos por pelo menos 15 fabricantes diferentes e que cerca de 75% desses clones são de origem asiática. Portanto, vale a pena ficar atento ao comprar o seu presente de Natal.

Tenha cuidado com produtos baratos demais ou sendo vendidos em regiões conhecidas pela abundância de mercadoria chinesa, como a Santa Efigênia, em São Paulo. Como dizem por aí, "quando a esmola é demais, o santo desconfia".

autor: Felipe Arruda

Santa Efigênia, a padroeira dos pirateiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, sugestão ou opinião. Mas não toleramos ofensas, abusos ou spam. Todos os comentários são de inteira responsabilidade do autor. Obrigado.