25 de mai de 2011

Tablets Fabricados no Brasil

Tablets no Brasil: 12 fabricantes manifestaram interesse em produzir localmente:
Motorola, LG e Samsung estão entre as interessadas. E as previsões são de que produto local seja, no mínimo, 40% mais barato

Além da Foxconn, que pretende iniciar a produção de iPads no Brasil em julho, outras 11 fabricantes já demonstraram interesse em fabricar tablets no País. A informação foi divulgada pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante.

De acordo com notícia divulgada pelo próprio Ministério da Ciência e Tecnologia, a lista de potenciais fabricantes de tablets no País inclui Positivo, Envision, Motorola, Samsung, LG, Itautec, Samnia, Compalead, Semp Toshiba, AIOX e MXT.

O interesse dos fornecedores em produzir tablets em território brasileiro está diretamente relacionado aos incentivos prometidos pelo governo. Um dos mais importantes exemplos nesse sentido foi a Medida Provisória 534, publicada na última segunda-feira (23/5), por meio da qual esse tipo de equipamento passa a ser incluído na Lei do Bem. Com isso, a exemplo do que já acontece com desktops e notebooks, os tablets produzidos localmente passam a contar com a isenção de uma série de impostos.

Para se enquadrar na Lei do Bem, as fabricantes de tablets terão de utilizar uma porcentagem mínima de componentes produzidos no Brasil. Nos próximos dias, devem ser divulgadas as regras específicas para que as empresas consigam os benefícios fiscais e se enquadrem também no PPB (Processo Produtivo Básico), que prevê a redução do IPI (Imposto sobre Produto Importado).

O secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência e Tecnologia, Virgílio Almeida, calcula que os tablets produzidos no Brasil devem chegar às lojas com preços, no mínimo, 40% mais baixos do que os produtos importados, por conta dos descontos no PIS/Cofins e IPI. “Mais reduções podem ser obtidas com a isenção/redução de ICMS, que é dado pelos estados e que, a média, é algo em torno de 12%”, destacou.

fonte: olhar digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, sugestão ou opinião. Mas não toleramos ofensas, abusos ou spam. Todos os comentários são de inteira responsabilidade do autor. Obrigado.