23 de nov de 2010

Eike Quer Apple

Eike Batista quer montar fábrica da Apple no Brasil:
Eike Batista cansou dos altos preços e de ter de esperar muito pelo lançamento dos produtos da Apple (como o iPad, por exemplo). Então ele decidiu que quer montar uma fábrica dos produtos da empresa aqui no Brasil, segundo O Estado de S.Paulo.

A informação foi confirmada pelo próprio empresário que, em entrevista ao jornal, questionou: "Por que a gente tem de pagar duas vezes e meia o preço de um iPad?" Batista já conversa com dois grupos que montam as invenções de Steve Jobs na Ásia para trazer uma unidade e instalá-la em São João da Barra, litoral do Rio de Janeiro. Mais especificamente, a empresa ficaria no complexo do Porto do Açu, da LLX - braço de logística do Grupo EBX, pertencente a ele. "Estou abordando as empresas que fazem essa montagem na Ásia. Não é a Apple, a Apple tem de aprovar depois. Você fala com as empresas que montam esses aparelhos para a Apple. Então, a conversa é com dois grupos. Estamos procedendo nessas conversas", disse.

O dono da EBX quer a montadora da Apple como espécie de cartão postal do Superporto do Açu, que por causa de R$ 4,3 bilhões se tornou o maior investimento de infraestrutura portuária da América Latina. Com estreia prevista para 2012, o empreendimento deve atrair cerca de R$ 36 bilhões em investimentos.

"O importante é que o Açu, na área que a gente chama de Vale do Silício do Açu, comporta trazer esse tipo de empresa. Até porque o porto também vai ter um aeroporto alfandegário. Esses componentes eletrônicos podem vir de avião, não necessariamente de navio", comentou. "O aeroporto alfandegário vai permitir fazer a parte de maior valor agregado, tecnológica, para o complexo do Açu. É o creme da cereja aí."

fonte: AD news

Pelo que entendi: as peças vêm da Ásia, o selo dos Estados Unidos e a montagem seria feita aqui. E o preço continuaria turbinado pela marca da Maçã. Não é muito original.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, sugestão ou opinião. Mas não toleramos ofensas, abusos ou spam. Todos os comentários são de inteira responsabilidade do autor. Obrigado.