5 de nov de 2010

GVT Planeja TV por Satélite

GVT e Ericsson formam alternativa para TV por assinatura:
Empresa sueca foi contratada pela operadora de telefonia para o desenvolvimento de serviço de TV via satélite que deve chegar ao mercado em 2011.
A GVT, uma das principais operadoras de telefonia fixa em território nacional, estuda há algum tempo o lançamento de um serviço para competir no mercado de TV via satélite. Através de concorrência, contratou a Ericsson – mais conhecida no Brasil pela parceria com a Sony no mercado de celulares – para desenvolver o sistema que será utilizado.

Tecnologia Sueca
A Ericsson é responsável por sistemas de TV via satélite em países como a Croácia, a Grécia e a Alemanha, com projetos que contemplam tanto IPTV – transmissão da programação pela internet – quanto DTH (“Direct to Home”, ou direto em casa, como é usado pela Sky e pela Via Embratel).

O papel da empresa sueca no projeto é desenvolver soluções de limitação de acesso a determinados conteúdos – para diferentes pacotes de canais e para pay-per-view, por exemplo –, vídeo sob demanda, EPG (“Electronic Program Guide” - guia eletrônico de programação) e encoders – equipamentos para codificar o sinal que será enviado ao satélite.

Outros Parceiros

Além da programação esperada – canais já tradicionais em televisão por assinatura – o objetivo da GVT em parceria com a Ericsson é oferecer algumas facilidades normalmente encontradas em sistemas IPTV como gravação remota da programação e recuperação de programas já exibidos, além de vídeo sob demanda e acesso a conteúdo online como o YouTube.

Com previsão de lançamento em 2011, o serviço ainda não foi batizado e ainda necessita do envolvimento de mais três empresas que também serão escolhidas através de concorrência. Estas parcerias envolvem a estrutura de transmissão e recepção dos programas, além da operação e infraestrutura de satélites necessárias para o funcionamento do serviço.

A empresa fornecedora dos equipamentos set-top, que decodificam o sinal recebido pela parabólica do serviço, também ainda não foi escolhida pela GVT. Enquanto a Ericsson projeta o sistema de distribuição da programação, a GVT aguarda também a concessão da Anatel para distribuição de conteúdo via satélite. O pedido feito em agosto deste ano deve ser concedido até o fim de 2010.

autor: Luciano De Sampaio Soares

Um comentário:

Marco disse...

Acho que pode ser uma boa concorrente pras distribuidoras atuais. Tomara que chegue logo.

Postar um comentário

Deixe seu recado, sugestão ou opinião. Mas não toleramos ofensas, abusos ou spam. Todos os comentários são de inteira responsabilidade do autor. Obrigado.