17 de abr de 2010

Jogo Governamental dos EUA

A imbecilidade é universal:
A administração do governo de Obama entrou em contato nos últimos dias com o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, para sondar sobre a possibilidade de a empresa produzir um game que permitiria aos jogadores gerenciar o orçamento dos EUA .

O presidente escalou Erskine Bowles e Alan K. Simpson para liderar uma comissão bipartidária para criar maneiras lidar com o déficit financeiro do país e outros desafios fiscais. O grupo propôs, então, o desenvolvimento deste jogo.

Bowles diz que o game seria simples, de modo a permitir que qualquer pessoa com um computador pudesse fazer sua própria administração fictícia do orçamento federal, informa o site Kotaku .

Já o site Mashable conta que o governo estadunidense pretende, com o pedido, mostrar o quão difícil é lidar com a verba de um país, e fazer com que as pessoas se tornem mais complacentes ao perceber que não existem soluções ideais, sendo necessário algumas vezes tomar medidas que prejudicam a população, como o aumento de tarifas e corte de verbas para programas sociais.

Outra maneira do governo estadunidense aproveitar o game é, quem sabe, monitorar os melhores jogadores e avaliar suas táticas de administração, para aprender com eles. Depois da ultima crise econômica, que extrapolou as fronteiras americanas e afetou o mundo todo, talvez seja uma boa ideia.
fonte: Geek

Esse game deve ser muito fácil. Na hora que você estiver afundando em dívidas é só pedir alguns bilhões (ou trilhões) ao Banco Central e salvar a pele. Fabricando dinheiro fica bem fácil governar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, sugestão ou opinião. Mas não toleramos ofensas, abusos ou spam. Todos os comentários são de inteira responsabilidade do autor. Obrigado.