16 de ago de 2010

Kasinski Produzirá Veículos Elétricos

Brasil terá sua primeira fábrica exclusiva de veículos elétricos:

kasinski
O estado do Rio de Janeiro vai receber a primeira fábrica para produção de motos e bicicletas elétricas do Brasil. A empresa que vai tocar o projeto é a brasileira Kasinski que foi recentemente comprada pelo grupo chinês Zongshen. A previsão para início das obras é para este ano e a produção dos veículos deve iniciar já no ano que vem.

Esta não é a primeira empreitada da companhia, já que no mês passado começou a produzir sua primeira scooter elétrica na planta de Manaus, fábrica que produz exclusivamente veículos movidos a combustão. Logo que a fábrica em território fluminense for inaugurada, toda a produção de modelos elétricos será transferida para lá, onde a empresa deve produzir em média 10 mil unidades por mês de sete modelos de motos, scooters e bicicletas elétricas.

Para se ter uma idéia, uma scooter de dois mil watts que é equivalente a uma convencional de 125 cilindradas, vai custar R$ 5.290,00. Já a bicicleta elétrica sairá por R$ 1.490,00 e também poderá ser operada com os pedais, na falta da energia.

A escolha do local para a nova fábrica se deu por sua posição em relação ao país, potencial de consumo da região e a proximidade da Copa do Mundo e dos jogos Olímpicos, que podem gerar oportunidades únicas. Os veículos que serão produzidos podem ser carregados em tomadas simples de 110 ou 220 volts e tem autonomia média de 60 quilômetros, mas pode variar com o peso do condutor ou condições das ruas.

As motocicletas não terão capacidade de realizar uma viajem, já que operam apenas por um curto espaço. Este pode ser o principal motivo para a incerteza na compra, pois por mais que a pessoa vá utilizar o veículo apenas para o percurso trabalho-casa, sempre dá uma vontade de ir até uma cidade vizinha, por exemplo.

fonte: techguru

Apesar da baixa autonomia a idéia é louvável. Já não era sem tempo começar a produção de veículos elétricos no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, sugestão ou opinião. Mas não toleramos ofensas, abusos ou spam. Todos os comentários são de inteira responsabilidade do autor. Obrigado.