23 de ago de 2010

Netbook Popular e Barato

Lançado netbook "de farmácia" que custa US$ 100 e roda Windows CE:
sylvania

Simples e de configurações modestas, o Sylvania promete resgatar as origens do conceito de netbook, com um preço pra lá de camarada.

Com discos rígidos de alta capacidade, muita memória e até placas de vídeo parrudas, caso dos modelos equipados com a plataforma NVIDIA Ion, os netbooks atuais fogem um pouco do propósito original para esse tipo de equipamento: máquinas leves e baratas para navegação Web. Não que seja ruim, mas hoje, quem procura por um modelo simples de tudo e com preço equivalente pode ficar a ver navios…

A CVS, uma cadeia de farmácias, prepara a comercialização de netbooks da linha Sylvania para breve. O material de divulgação vazou, aparecendo no Engadget e Digital Gadgets, e revelando vários detalhes das especificações do modelo que, a princípio, será vendido por módicos US$ 100, uma pechincha mesmo nos Estados Unidos, onde um netbook padrão sai por aproximadamente US$ 300.

O Sylvania é baseado num processador C7-M ULV de 1,2 GHz, da VIA, vem com 1 GB de memória (DDR 533 MHz), disco rígido de 30 GB, display de 7" (800×480) e o resto comum a quase todos netbooks (WiFi padrões “b” e “g”, webcam e microfone integrados, porta Ethernet 10/100, uma saída DVI e duas portas USB), tudo isso pesando apenas 900 gramas. Segundo o anúncio, o netbook consegue até executar vídeos do YouTube! Não os em alta definição, mas querer isso num dispositivo tão humilde seria demais mesmo.

O que pode desmotivar é o sistema operacional, Windows CE. Essa versão do sistema serve de base para os sistemas móveis da Microsoft, mas ela, per si, é pouco amigável ao usuário final, sem falar na escassez de programas que apresenta.

De qualquer maneira, por US$ 100 (e com a possibilidade de ser hackeado para rodar Linux) vale o risco. O foco do Sylvania é bem específico: uso casual da Web, e pelo preço que pedem nele, não dá para esperar muito mais que isso mesmo.

fonte: geek

Por 100 doletas até pode ser. Mas eu acho horrível navegar numa telinha de 7". Pior que uma cela de prisão no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, sugestão ou opinião. Mas não toleramos ofensas, abusos ou spam. Todos os comentários são de inteira responsabilidade do autor. Obrigado.