29 de mai de 2010

Claro e Embratel Podem Se Fundir

Claro e Embratel irão se fundir? Empresa controladora nega, mas os rumores são fortes!

carlos slim
O Jornal Folha de São Paulo noticiou na quarta-feira dia 26/05, uma possível fusão entre duas grandes empresas atuantes no mercado de telecomunicações brasileiro, a Embratel (telefonia fixa), e a Claro (telefonia móvel). Ambas as empresas fazem parte do grupo America Móvil, do bilionário mexicano Carlos Slim, que também possui 49% da NET.

A idéia de Slim é muito maior, além da fusão das duas empresas, ele estaria interessado também em adquirir da Globo o controle da NET, passando de 49 para 51% das ações. Com isso, o grupo passaria a oferecer telefonia fixa, móvel, internet banda larga e tv por assinatura. Os planos são ambiciosos, porém dependem de uma aprovação do congresso nacional, permitindo que uma empresa estrangeira possua tamanho controle das comunicações brasileiras.

Segundo o presidente da Telebrás, Rogério Santanna, a fusão entre Claro e Embratel faz parte de uma tendência mundial de consolidação das empresas do setor. Santanna ressalta que a fusão aumenta a concentração e diminui a concorrência, o que nunca é bom para o consumidor de modo geral, porém no caso da Claro e da Embratel, este risco é baixo, uma vez que ambas as empresas já fazem parte do mesmo grupo atualmente.

A controladora America Móvil nega a fusão entre Claro e Embratel, mas o jornal Folha de São Paulo publicou mais tarde, na própria quarta-feira, uma nota afirmando que a fusão entre as duas empresas deve estar concluída nos próximos dois meses.

Na opinião de especialistas, a companhia criada pela união entre as duas empresas se tornaria líder do setor de Comunicações em apenas um ano. Isso sem contar com o controle da NET pelo mesmo grupo.

fonte: techguru

Eu diria que ele quer mesmo é "fundir" o consumidor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, sugestão ou opinião. Mas não toleramos ofensas, abusos ou spam. Todos os comentários são de inteira responsabilidade do autor. Obrigado.